Tags

,

Festividades, com fogos, fogueira, doces, pipocas, pinhão, quentão, balões, bandeiras e danças. Estamos na época onde as pessoas se divertem com as festas de São João. Mas, perguntando aos participantes desta festa o que festejamos de verdade nesta data, a grande maioria têm dificuldades em achar uma resposta. Parece que infelizmente o motivo principal da festa de São João foi esquecido. E você sabe qual é o significado desta festa?

Na Bíblia, no Evangelho de Lucas, encontramos a seguinte história sobre o profeta João:

“Chegou o tempo de Isabel ter a criança, e ela deu à luz um menino. Os seus vizinhos e parentes ouviram falar que o Senhor usara de grande misericórdia para com ela, e participaram da sua alegria. Quando o menino tinha oito dias, foram circuncidá-lo e queriam dar o nome do pai que era Zacarias. Mas a sua mãe disse: “Não. O nome dele vai ser João”. Então disseram: “Mas você não tem nenhum parente com esse nome!” Aí fizeram sinais ao pai,que era mudo, perguntando que nome ele queria dar ao menino. Zacarias pediu uma tabuinha de escrever e escreveu: “O nome dele é João”. E todos se admiraram. Nesse momento Zacarias pôde falar novamente e começou a louvar a Deus”.

No dia de São João a cristandade comemora o aniversário de João Batista, o escolhido por Deus para anunciar ao povo a chegada de Jesus Cristo. E João fez esse serviço do seguinte modo: Ele atacava e denunciava os abusos e as injustiças do povo e das autoridades, e pregava o arrependimento de todas as pessoas para receberem o perdão dos pecados.

Quem se arrependia dos pecados era batizado por João. Daí surge o seu sobrenome: Batista. João batizava no Rio Jordão todas as pessoas que se arrependiam e confessavam os seus pecados. João também batizou a Jesus Cristo. Mas nem todos aceitaram o testemunho de João. Os grandes (poderosos) que não gostavam que seus erros fossem apontados, chamaram João Batista de subversivo, e por ordem do rei Herodes ele acabou preso. João Batista foi morto na cadeia, e sua cabeça apresentada numa bandeja aos participantes de uma festa no palácio.

Além de sua coragem pessoal, João Batista continua sendo importante para nós porque ele anunciou a vinda de Jesus Cristo. João Batista se entendia como aquele que tinha a tarefa de preparar o caminho para Jesus. Ele sabia que ele mesmo não era o mais importante, mas que a pessoa mais importante era aquela que nasceria depois dele, que era Jesus.

Mas, João Batista não é só para ficar na história e ser lembrado como uma pessoa corajosa e de importante testemunho cristão. Deus deseja contar conosco para servirmos de boas testemunhas, animando o povo na luta contra as injustiças e abusos, fazendo deste mundo um lugar de paz, amor e justiça. Por tudo isso a festa de São João deve ser comemorada, onde não deve faltar alegria, comida, fogueira e dança. Como também um agradecimento a Deus pelo testemunho corajoso de João em favor do Reino de Deus. Só desta maneira pode-se resgatar o sentido real da festa junina.

Que a alegria da festa de São João nos contagie e alegre nossos corações!

Marcelo Ackermann.